• Twitter
  • RSS

UNESCO HIV and Health Education Clearinghouse

Search resources

The search found 13 results in 0.017 seconds.

Search results

  1. Plan multisectorial de prevención de las ITS-VIH/sida: verano 2014

    El Ministerio de Salud Pública a partir del mes de junio y hasta el 15 de septiembre desarrolla un plan de actividades para el verano, donde se refuerzan las medidas de control de enfermedades y riesgos para la salud de la población. …

  2. Diversidad sexual: Conceptos para pensar y trabajar en salud

    Diversidad sexual: Conceptos para pensar y trabajar en salud es un material elaborado como apoyo bibliográfico a las capacitaciones sobre sexualidad a cargo de Ricardo Duranti en el marco del proyecto para mejorar la accesibilidad a la prevención, diagnóstico y atención del VIH e ITS de población homosexual, bisexual y trans. El proyecto es coordinado por la Dirección de Sida y Enfermedades de Transmisión Sexual y cuenta con el apoyo técnico-financiero de ONUSIDA, PNUD, UNFPA y OPS.

  3. Práticas educativas e prevenção de HIV/Aids: lições aprendidas e desafios atuais

    A prevenção tem sido uma questão crucial para os programas de controle da Aids. Os enormes progressos doá conhecimento e da técnica nesse campo não chegaram a alterar substantivamente os determinantes fundamentais da infecção e adoecimento de significativos contingentes populacionais. Neste ensaio busca-se sistematizar as lições que aprendemos no campo da prevenção nessas duas décadas de epidemia, tomando como base, em especial, a experiência brasileira. …

  4. Diretrizes para o fortalecimento das ações de adesao ao tratamento para pessoas que vivem com HIV e aids

    O Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de DST e Aids, apresenta às organizações governamentais e da sociedade civil, que desenvolvem ações em HIV e Aids, as Diretrizes Nacionais para Fortalecer as Ações de Adesão para as pessoas que vivem com HIV ou aids (PVHA). Essas diretrizes têm a intenção de afirmar a importância da adesão ao tratamento, compreendida na sua maior amplitude conceitual, e recomendar ações que proporcionem melhoria na qualidade de vida de quem vive com HIV ou aids. …

  5. Direitos Humanos e HIV/AIDS: Avanços e perspectivas para o enfrentamento da epidemia no Brasil

    Não é possível dissociar direitos humanos do enfrentamento das DST/HIV/aids. O processo de reconhecimento do direito ao acesso universal a prevenção, diagnóstico e tratamento constitui importante bandeira de direitos humanos desde o inicio da epidemia. Afirmar a dignidade do ser humano é o que traz sentido para, por exemplo, a discussão sobre a função social da propriedade intelectual frente o direito à saúde. Além da disponibilização de preservativos e medicamentos anti-retrovirais, trata-se de uma luta constante contra as desigualdades sociais. …

  6. Variáveis culturais e psicossociais associadas à vulnerabilidade étnica ao HIV/AIDS: estudo comparativo entre Brasil e França

    Esta pesquisa teve por objetivo identificar aspectos culturais e psicossociais associados às vulnerabilidades de jovens afrodescendentes e brancos, no Brasil e na França, ao HIV/Aids. A pesquisa foi realizada em duas etapas: a primeira, qualitativa, com 36 entrevistas a estudantes do ensino médio no Brasil com o objetivo de fornecer elementos indicadores sobre a vulnerabilidade, conhecimentos e Representações Sociais da aids dos jovens brasileiros, além de indicar elementos para a elaboração de um questionário a ser aplicado na segunda etapa. …

  7. Guia para o Cuidador Domiciliar de Pessoas que Vivem com HIV/Aids

    Tendo-se em vista a importância da assistência integral às pessoas vivendo com HIV/aids, o respeito aos seus direitos e a sua dignidade, bem como das ações de prevenção e do amplo acesso ao tratamento para o prolongamento da expectativa e da qualidade de vida das pessoas vivendo com o HIV/Aids, o presente Guia pretende esclarecer, de modo simples e ilustrativo, as situações mais comuns com as quais se deparam os cuidadores domiciliares de pessoas que necessitam de atenção especial. …

  8. Tendências da epidemia de AIDS entre subgrupos sob maior risco no Brasil, 1980-2004

    O presente trabalho tem por objetivo apresentar as tendências da epidemia de AIDS em grupos populacionais sob maior risco no Brasil no período de 1980-2004. Entre os anos de 1980 e 1988, os casos homossexuais ou bissexuais masculinos correspondiam à maioria. Posteriormente, há um decréscimo importante no papel desempenhado pelos HSH e ocorre um acréscimo nas outras categorias de exposição. Neste sentido, a análise da dinâmica da epidemia de AIDS no Brasil mostra a importância dos grupos HSH e UDI masculinos enquanto grupos de risco diferenciado.

  9. Sem Direito de Amar? A Vontade de Ter Filhos entre Homens (e Mulheres) Vivendo com o HIV

    O presente artigo apresenta os resultados de uma pesquisa com 250 homens portadores do HIV com vida sexualmente ativa em relaçâo ao cuidado com a sua saúde reprodutiva em centros de referência de Aids, comparando-os com estudos realizados com mulheres portadoras. Apesar das conquistas queápermitem a paternidade sem infecção da parceira e da criança, os resultados indicam pouco acolhimento, mesmo nos centros de excelência pesquisados. …

  10. Aids e gravidez: os sentidos do risco e o desafio do cuidado

    "Aids e gravidez: os sentidos do risco e o desafio do cuidado", a partir de uma estudo qualitativo com depoentes soropositos e seus parceiros, busca compreender como o risco da transmissão vertical do HIV é apreendido e reconstruído pelas pessoas vivendo com HIV/Aids no momento de suas decisões reprodutivas. Dentre os resultados apontados, destaca-se o fato de que as questões reprodutivas não sâo explicitadas no espaço dos serviços de saúde. …

  11. The Global Fund's strategy for ensuring gender equality in the response to HIV/AIDS, tuberculosis and malaria

    Le présent document présente la stratégie du Fonds mondial visant à garantir l'égalité des genres dans le cadre de la réaction au VIH/sida, à la tuberculose et au paludisme. Il met en évidence la manière dont les inégalités entre les hommes et les femmes entretiennent la propagation de la maladie et affectent la capacité des femmes et des jeunes filles, mais aussi des hommes et des garçons, à accéder équitablement aux services de soins et aux autres services. …

  12. Sexual and Reproductive Health Needs of Women and Adolescent Girls living with HIV. Research Report on Qualitative Findings from Brazil, Ethiopia and the Ukraine

    Sexual and Reproductive Health Needs of Women and Adolescent Girls living with HIV. Research Report on Qualitative Findings from Brazil, Ethiopia and the Ukraine is a document developed by EngenderHealth with the support of UNFPA. This research identified some interesting trends across the three countries and some issues unique to each setting that need to be considered in strategic planning efforts to improve HIV-positive women's and adolescent girl's access and utilization of sexual and reproductive health services. …

  13. Las Mujeres, claves en la respuesta a la epidemia del VIH

    Documento sobre la situación de la mujer y el VIH/SIDA en Guatemala. Se detallan todos los problemas de discriminación y acceso al tratamiento, y los factores clave en la respuesta al VIH/SIDA como son la educación y la información, y la labor de distintas entidades que las apoyan.

Our mission

Supporting education ministries, researchers and practitioners through a comprehensive database, website and information service.