• Twitter
  • RSS

UNESCO HIV and Health Education Clearinghouse

Search resources

The search found 4 results in 0.012 seconds.

Search results

  1. AIDS at 35: a midlife crisis

    AIDS was first publicly reported on 5 June 1981 in the Morbidity and Mortality Weekly Report (MMWR) of the US Centers for Disease Control (CDC). Doctors in New York and San Francisco were seeing clusters of previously extremely rare diseases such as Pneumocystis carinii, and Kaposi’s sarcoma. These infections manifested in exceptionally serious forms, initially, within a narrowly defined risk group — young, homosexual men, and led to death within a short period. …

  2. Diretrizes para o fortalecimento das ações de adesao ao tratamento para pessoas que vivem com HIV e aids

    O Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de DST e Aids, apresenta às organizações governamentais e da sociedade civil, que desenvolvem ações em HIV e Aids, as Diretrizes Nacionais para Fortalecer as Ações de Adesão para as pessoas que vivem com HIV ou aids (PVHA). Essas diretrizes têm a intenção de afirmar a importância da adesão ao tratamento, compreendida na sua maior amplitude conceitual, e recomendar ações que proporcionem melhoria na qualidade de vida de quem vive com HIV ou aids. …

  3. Manual de adesão ao tratamento para pessoas vivendo com HIV e aids

    Com tiragem inicial de 10 mil exemplares, o Manual de Adesão ao Tratamento para pessoas vivendo com HIV e Aids material será distribuído para as os serviços e ONG que prestam assistência a pessoas vivendo com HIV/aids. A proposta é que esta publicação seja usada por profissionais que trabalham com este tema, com o objetivo de que as atividades em adesão extrapolem a compreensão focada apenas nos medicamentos e ampliem suas ações - de forma compartilhada com os usuários - para fora dos espaços tradicionalmente utilizados. …

  4. Tendências da epidemia de AIDS entre subgrupos sob maior risco no Brasil, 1980-2004

    O presente trabalho tem por objetivo apresentar as tendências da epidemia de AIDS em grupos populacionais sob maior risco no Brasil no período de 1980-2004. Entre os anos de 1980 e 1988, os casos homossexuais ou bissexuais masculinos correspondiam à maioria. Posteriormente, há um decréscimo importante no papel desempenhado pelos HSH e ocorre um acréscimo nas outras categorias de exposição. Neste sentido, a análise da dinâmica da epidemia de AIDS no Brasil mostra a importância dos grupos HSH e UDI masculinos enquanto grupos de risco diferenciado.

Our mission

Supporting education ministries, researchers and practitioners through a comprehensive database, website and information service.