• Twitter
  • RSS

UNESCO HIV and Health Education Clearinghouse

Search resources

The search found 4 results in 0.014 seconds.

Search results

  1. Homofobia e heterossexismo nas escolas: discussao da produçao cientifica no Brasil e no mundo

    A discussão acerca do papel da escola no que diz respeito à sexualidade de seus alunos tem sido objeto de debate crescente nas últimas décadas. O caráter normatizador das instituições escolares tem sido apontado por estudiosos do campo de estudos do gênero e sexualidade, tanto no Brasil como em outros países, onde tem sido ressaltada a produção de masculinidades e feminilidades não-transgressivas dos catálogos identitários reconhecidos socialmente. …

  2. Diversidade sexual na educação: problematizações sobre a homofobia nas escolas

    Este volume, o no. 32 da Coleção, propõe uma série consistente e articulada de reflexões sobre a produção e a reprodução da homofobia na educação, especialmente no contexto da escola e nos espaços ligados a ela. Rigorosa e minuciosamente examinada a partir dos instrumentos fornecidos pelas ciências sociais e humanas, a homofobia (compreendidas também a lesbofobia, a transfobia e a bifobia) evidencia-se como um grave problema social cujo enfrentamento não pode ser mais adiado. O espaço escolar aparece aqui como uma poderosa instância de reprodução das lógicas homofóbicas. …

  3. Escola que Protege: enfrentando a violência contra crianças e adolescentes

    Esta publicación está dirigida a educadores y entrega información sobre las diferentes formas de violencia a las que están expuestos niños y adolescentes, apuntando a tomar acciones prácticas de respuesta a estas situaciones. Se basa en la noción que el conocimiento y el diálogo fortalecerá como grupo social capaz de combatir la violencia con cuidado y protección integrales. En el primer capítulo, se muestra una breve retrospectiva sobre los riesgos y vulnerabilidades que enfrentan niños y adolescentes. …

  4. Juventudes: outros olhares sobre a diversidade

    Este livro faz parte do primeiro movimento para tornar públicas as análises dos dados da pesquisa Juventude, Juventudes: o que une e o que separa, realizada pela Unesco, no ano de 2004, trabalho que inaugurou, no Brasil, a incorporação da faixa etária de 25 a 29 anos nos estudos sobre a juventude.

Our mission

Supporting education ministries, researchers and practitioners through a comprehensive database, website and information service.