• Twitter
  • RSS

UNESCO HIV and Health Education Clearinghouse

Search resources

The search found 8 results in 0.017 seconds.

Search results

  1. Drogas nas escolas: versão resumida

    A presente edição foi especialmente preparada para atender as escolas brasileiras. Trata-se da versão resumida do livro Drogas nas Escolas, de Mary Castro e Miriam Abramovay lançado em 2002 com grande repercussão na imprensa. A pesquisa que deu origem a esse livro procurou privilegiar a visão de mundo dos alunos, do corpo técnico-pedagógico das escolas e dos pais, sobre o consumo de drogas e temas correlatos. O estudo envolveu crianças e jovens do ensino fundamental e médio de 14 capitais brasileiras. …

  2. Effects of homophobic versus nonhomophobic victimization on school commitment and the moderating effect of teacher attitudes in Brazilian public schools

    This study investigated homophobic victimization, teacher support, and school commitment in Brazilian schools. Participants were 339 students, ages 11 to 18, in two public schools in Brazil. Data were obtained using the Brazil Preventing School Harassment Survey. Structural equation modeling revealed that both homophobic and nonhomophobic victimization were negatively related to school commitment but that homophobic victimization was a stronger predictor. Results supported the hypothesis that supportive teachers can moderate the relationship between victimization and school commitment. …

  3. Embrace diversity in school: say no to HIV-related stigma and other forms of discrimination

    What are the challenges an HIV positive student is facing at school? What other forms of prejudice and associated intolerance a student may be encountering? This 4-minute video produced by UNESCO, and supported by UNAIDS, gathers testimonies of young people who suffered from bullying and discrimination in the school environment because of who they are. Bringing into light the real life experiences of HIV-positive, gay, lesbian, overweight and pregnant students helps break the silence often surrounding these issues. …

  4. Vídeo conta Homofobia do Ministério da Educação

    Vídeo para discutir nas escolas o tema Homofobia.

  5. Homofobia e heterossexismo nas escolas: discussao da produçao cientifica no Brasil e no mundo

    A discussão acerca do papel da escola no que diz respeito à sexualidade de seus alunos tem sido objeto de debate crescente nas últimas décadas. O caráter normatizador das instituições escolares tem sido apontado por estudiosos do campo de estudos do gênero e sexualidade, tanto no Brasil como em outros países, onde tem sido ressaltada a produção de masculinidades e feminilidades não-transgressivas dos catálogos identitários reconhecidos socialmente. …

  6. Diversidade sexual na educação: problematizações sobre a homofobia nas escolas

    Este volume, o no. 32 da Coleção, propõe uma série consistente e articulada de reflexões sobre a produção e a reprodução da homofobia na educação, especialmente no contexto da escola e nos espaços ligados a ela. Rigorosa e minuciosamente examinada a partir dos instrumentos fornecidos pelas ciências sociais e humanas, a homofobia (compreendidas também a lesbofobia, a transfobia e a bifobia) evidencia-se como um grave problema social cujo enfrentamento não pode ser mais adiado. O espaço escolar aparece aqui como uma poderosa instância de reprodução das lógicas homofóbicas. …

  7. Escola que Protege: enfrentando a violência contra crianças e adolescentes

    Esta publicación está dirigida a educadores y entrega información sobre las diferentes formas de violencia a las que están expuestos niños y adolescentes, apuntando a tomar acciones prácticas de respuesta a estas situaciones. Se basa en la noción que el conocimiento y el diálogo fortalecerá como grupo social capaz de combatir la violencia con cuidado y protección integrales. En el primer capítulo, se muestra una breve retrospectiva sobre los riesgos y vulnerabilidades que enfrentan niños y adolescentes. …

  8. Juventudes: outros olhares sobre a diversidade

    Este livro faz parte do primeiro movimento para tornar públicas as análises dos dados da pesquisa Juventude, Juventudes: o que une e o que separa, realizada pela Unesco, no ano de 2004, trabalho que inaugurou, no Brasil, a incorporação da faixa etária de 25 a 29 anos nos estudos sobre a juventude.

Our mission

Supporting education ministries, researchers and practitioners through a comprehensive database, website and information service.