• Twitter
  • RSS

UNESCO HIV and Health Education Clearinghouse

Search resources

The search found 16 results in 0.016 seconds.

Search results

  1. Agenda estratégica para ampliação do acesso e cuidado integral das populações-chaves em HIV, hepatites virais e outras infecções sexualmente transmissíveis

    Esta Agenda não substitui ou elimina a necessidade da continuidade de ações programáticas e ordinárias, dirigidas à população geral, pois tem caráter extraordinário e estratégico para reforçar as ações e os investimentos com vistas à ampliação do acesso das populações-chave e prioritárias.

  2. Histórias da aids no Brasil, 1983-2003. V.1: as respostas governamentais à epidemia de aids. V.2: a sociedade civil se organiza pela luta contra a aids

    Que o leitor encontre nas histórias aqui relatadas um testemunho vivo dos primeiros 20 anos da epidemia no Brasil e que esse testemunho possa servir de matéria de reflexão para os historiadores do tema no futuro.

  3. Brazilian policy on addressing AIDS: Results, progress and perspectives

    A resposta programática às DST/aids entra em um novo ciclo de desenvolvimento da epidemia, com taxas de prevalência relativamente baixas na população geral, em contraste com prevalências mais elevadas em subgrupos populacionais em situação de maior vulnerabilidade, o que exige o aprimoramento das estratégias de vigilância, prevenção, assistência e tratamento. …

  4. Alimentação e nutrição para pessoas que vivem com HIV e Aids

    Esta Cartilha foi elaborada pelo Programa Nacional de DST e Aids e Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, a partir de vários documentos de referência e contou a colaboração de profissionais da área de Nutrição e HIV/Aids de serviços e redes de apoio do país. …

  5. Prevenção e atenção às IST/AIDS na saúde mental no Brasil : análises, desafios e perspectivas

    Este livro descreve os resultados de um excelente e pioneiro projeto multicêntrico de pesquisa de âmbito nacional, o projeto PESSOAS, que examinou as condições clínicas, sociais e comportamentais de vulnerabilidade dos indivíduos com transtornos mentais às infecções e doenças sexualmente transmissíveis, entre as quais o HIV, a sífilis e as hepatites B e C. Este esforço resultou de uma colaboração profícua entre os dois Programas Nacionais do Ministério da Saúde diretamente envolvidos no projeto: o Programa Nacional de DST e Aids e a Coordenação Geral de Saúde Mental. …

  6. Plano Brasileiro de Vacinas Anti-HIV 2008-2012: Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

    O Brasil se tornou referência no combate à aids a partir de sua política de acesso universal ao tratamento anti-retroviral, organizada por um Programa eficiente, baseado na visão de política pública de seu Ministério da Saúde. Entretanto, os avanços no conhecimento da infecção pelo HIV que ocorrem no cenário internacional evidenciam a necessidade de esforços governamentais mais abrangentes para ampliar o desenvolvimento de novos processos e produtos que viabilizem a profilaxia da infecção pelo HIV no País. …

  7. Como prevenir a Transmissão vertical do HIV e da Sífilis em Seu Município - Guia para Profissionais da Saúde

    O Pacto pela Saúde, aprovado pelo Conselho Nacional de Saúde em fevereiro de 2006, fortalece a gestão compartilhada entre os diversos níveis de governo, cabendo aos estados e municípios o desenvolvimento de ações necessárias para o cumprimento das metas, de acordo com a realidade local, de maneira que as prioridades estaduais e municipais também possam ser agregadas à agenda nacional. Um dos três eixos do Pacto pela Saúde é o Pacto pela Vida e, entre as prioridades básicas enumeradas, está a redução da mortalidade materna e infantil. …

  8. Recomendações para Terapia Antirretroviral em Crianças e Adolescentes Infectados pelo HIV

    A partir de 1994, o Programa Nacional de DST e Aids passou a publicar o Guia de Tratamento Clínico da Infecção pelo HIV em Crianças, com as informações mais importantes sobre os avanços ocorridos nas orientações para o tratamento e acompanhamento das crianças infectadas e expostas ao HIV. Esse Consenso, revisto periodicamente pelo Comitê Assessor para Terapia Antirretroviral em Crianças Infectadas pelo HIV, tem incluído novos temas cada vez mais abrangentes, com o intuito de tornar-se uma referência para os profissionais que têm dificuldade de acesso a outras referências técnicas. …

  9. Responses to AIDS challenges in Brazil: limits and possibilities

    The general purpose of this survey is to register the roles carried out by different participants in the Brazilian response to the AIDS challenge. Such participants include the state at both the local and national levels, and international agencies as UNESCO, in particular. Above all, the survey intends to assess the impact of actions performed by civil society entities engaged in AIDS-related actions, mainly those supported by UNESCO and UNODC. This survey is a joint work by UNESCO/Ministry of Health National Program on STD and AIDS.

  10. Sexual and Reproductive Health of Women and Adolescent Girls Living with HIV guidance for health managers, health workers, and activists

    Saúde Sexual e Saúde Reprodutiva das Mulheres Adultas, Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV e Aids subsídios para gestores, profissionais de saúde e ativistas é um documento elaborada pela organização internacional EngenderHealth eoO Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) em 2008. …

  11. Políticas e Diretrizes de Prevenção das DST/AIDS entre Mulheres

    Como parte de suas atribuições, a Coordenação Nacional de DST e Aids (CNDST/AIDS) vem definindo diretrizes nacionais no âmbito da implantação e aprimoramento de políticas e estratégias relacionadas à assistência e prevenção da epidemia pelo HIV no país.Entendendo que em todas as suas atividades os princípios de sustentabilidade, descentralização e integração devem ser contemplados, a CN-DST/Aids aplica esforços no sentido de garantir neste processo a participação de atores diretamente ligados às ações implementadas junto aos diferentes segmentos da população, como as organizações nãogovernamen …

  12. Distritos Sanitários Especiais Indígenas - Diretrizes para implantar o Programa de DST/Aids

    Directrices para implantar el programa de respuesta al VIH/SIDA en la población indígena de Brasil. Demografía y características de este grupo. Vigilancia epidemiológica, capacitaciones necesarias, monitoreo y recursos.

  13. Programa estratégico de ações afirmativas: população negra e Aids

    Plan de acción del Ministerio de Salud de Brasil para respuesta y prevención del VIH/SIDA en población negra, además de planes para promover la integración y respeto a los derechos de este grupo. Incluye estadísticas.

  14. População Indígena na Prevenção das DST Aids

    Epidemiología del VIH en la población indígena de Brasil. Diagnóstico de la situación actual y avances de las políticas del gobierno en conjunto con otras organizaciones. Acciones a desarrollar a futuro. Incluye estadísticas.

  15. Plano nacional de enfrentamento da epidemia de AIDS e das DST entre gays, HSH e travestis. Consulta pública

    Plan nacional hasta el 2011 para enfentar la epidemia de VIH/SIDA en la población gay, travesti y de hombres que tienenárelaciones sexualesácon hombres en Brasil. Descripción de la situación de la enfermedad a nivel nacional en este segmento de la población. Situación social particular de estos grupos (discriminación y otros problemas). Objetivos y directrices generales que buscan no solo tratamiento y prevención sino respeto de los derechos de estos grupos. Objetivos, metas y actividades separadas para dos grupos: 1. Gaysáyáhombres que tienenárelaciones sexualesácon hombres. 2.Travestis.

Pages

Our mission

Supporting education ministries, researchers and practitioners through a comprehensive database, website and information service.